Topo
Image Alt

FMO adquire 164 simuladores Pro Delphus

FMO adquire 164 simuladores Pro Delphus

A Faculdade de Medicina de Olinda acaba de investir na aquisição de novos 164 simuladores para o laboratório de habilidades da instituição. A compra foi formalizada junto a Pro Delphus durante a Hospitalmed 2017, feira voltada para o segmento médico-hospitalar, que aconteceu essa semana no Centro de Convenções de Pernambuco. A empresa equipou os laboratórios de habilidades dos hospitais Sírio-Libanês (SP) e Albert Einstein (SP)  e de duas escolas da Universidade de São Paulo (a da capital e a de Ribeirão Preto). No Norte e Nordeste, a FMO é a primeira faculdade a fazer esse investimento junto a Pro Delphus, cujos simuladores são reconhecidos internacionalmente pelo altíssimo grau de realismo.

Foram adquiridos três unidades cirúrgicas de mama, dois simuladores portáteis de endourologia, dois simuladores portáteis para exame ginecológico, 15 simuladores para toque obstétrico, quatro simuladores para análise clínica de patologias renais, um simulador multifuncional bidigital ginecológico, uma estação pós-parto,  120 simuladores para treinamento de suturas, 15 úteros artificiais, um modelo neropediátrico com hidrocefalia.

A coordenadora de Relações Institucionais da FMO, Tereza Miranda, explica que todo esse aparato tecnológico será fundamental para formação dos alunos, especialmente os do quarto período, que serão os primeiros a utlizá-los. “São simuladores cujo principal diferencial é o alto índice de realismo”, destaca.

Marcos Lyra, médico fundador da Pro Delphus, explica que as vantagens de um  simulador cirúrgico são inúmeras. “A semelhança anatômica, na sensação de profundidade, na visão bidimensional e até mesmo na possibilidade de trabalhar na presença de sangramento”, explica.